lunes, 10 de diciembre de 2007


Calor, tormento humano

mas é no calor que a coisa vai,

que a água ferve,

que a vida inflama,

que o desejo arde

e tudo é feito.

1 comentario:

Vitor dijo...

e ficamos todos suados, e grudentos e grudados