jueves, 12 de junio de 2008

Resposta

Retomo hoje algo que foi escrito há exatamente um ano, para dar uma resposta à altura e de todo meu coração. Peço desculpas ao autor, pois fiz algumas alterações no original para construir a resposta.

Perfeito

(...)Sabe... Tudo que eu quero é ter uma vida sem graça. Algo como levar um colchão velho pra sala na sexta-feira pra passar o final de semana deitados com alguns filmes B pra assistir na nossa "TV de 21", e ficar encostando o meu pé quente no seu gelado debaixo do cobertor. Eu quero limpar a casa com você, lavar a roupa, molhar as plantas, ir no mercado comprar a janta, ir na feira de domingo, cozinhar, até lavar a louça eu toparia sem achar ruim. Eu quero ver você acordar todo dia as 6h da manhã e ir na padaria pra comprar 2 pães, 1 litro de leite B e o jornal. Eu quero até ficar gripada, pra você medir a minha febre, fazer um chá e me dar um sermão por ter saído sem blusa. Eu quero tomar banho junto, me depilar enquanto você faz a barba e tentar conversar enquanto escovamos os dentes com a boca cheia de espuma. Eu quero brigar pelo último pedaço de bolo de chocolate, pela calcinha pendurada no registro do chuveiro, pelos cabelos no ralo, ou porque você esqueceu a tampa do vaso levantada. Lindo, né? Pois é. Aí está a vida que eu peço a Deus todos os dias antes de dormir.
Feliz dia dos namorados!

Cristina

obs: original em http://eunaosoupoeta.blogspot.com/search?updated-min=2007-01-01T00%3A00%3A00-02%3A00&updated-max=2008-01-01T00%3A00%3A00-02%3A00&max-results=16
No dia 12/06/07.

2 comentarios:

Vitor dijo...

Que lindo! e original!!!

Te amo, feliz dia dos namorados...

Anónimo dijo...

eca
que vida sem graça
rs