sábado, 8 de septiembre de 2007


"...Esta é você, na chuva.

Nunca pensou que fosse fazer algo assim.

Você nunca se viu como - não sei como descreveria - como uma dessas pessoas que gostam de olhar a lua ou que passam horas contemplando as ondas ou o pôr-do-sol. Deve saber que tipo de pessoas estou falando. Talvez não saiba.

Seja como for, você gosta de ficar assim: lutando contra o frio, sentindo a água penetrar na sua camisa e a sensação do chão ficando fofo debaixo dos seus pés e do cheiro. Do som da água batendo nas folhas e todas as coisas que estão nos livros que você não leu.

Essa é você.

Quem teria imaginado?

Você."


(Mi vida sin mi / My life without me)

5 comentarios:

Vitor dijo...

hmmm... que moça mais cheirosa, acabou de lavar o cabelo...
e que seriedade!

Vitor dijo...

não há um dia sequer em que eu não me inspire tendo você e a vida pela frente...

*Cris*Rosa-dos-Ventos* dijo...

Idem.

ps: cabelo molhado de chuva mocinho... hehehe

Flor de Liz dijo...

e quando vc olha no vidro da janela e os pingos da chuvam desenham vem, e tu vai
penetrando nos poros cristais de sonhos q caem do ceu.

Anónimo dijo...

Oi Cris sera que consegui??
bjs
Fe