viernes, 9 de enero de 2009

O calor me traz um algo assim de tédio. Mormaço, corpo auto-colante, moleza.
Vontade de ficar jogada no chão da sala, com a janela aberta vendo o vento chacoalhar a palmeira.
De preparar aula nenhuma, de organizar nada.
Só me deixar.
Mas aí vejo que há sombra e acho que é algo de sombrio em mim gostar da sombra. Então me vem uma vontade de rasgar a roupa do tédio e fazer algo.
Desesperadamente fazer algo. Caçar borboletas, jogar bumerangue, pular ondas, ler poemas romenos, assistir corrida de avestruz, ouvir músicas do Caubi Peixoto.
Qualquer surrealidade me agradaria agora.

4 comentarios:

Boo dijo...

"Vontade de ficar jogada no chão da sala, com a janela aberta vendo o vento chacoalhar a palmeira."

que sensação gostosa isso deve dar!

Boo dijo...

te linkei :)

dani dijo...

contagia. de repente me deu vontade de fazer algo também.

Vitor dijo...

queria mesmo era uma piscina...